As grandes linhas orientadoras do bem-estar animal

5 Liberdades

O movimento pelo bem-estar e pelos direitos dos animais tem raízes antigas, desde que a humanidade considerou os seus direitos diretos, mas apenas na última metade do século passado ganhou destaque no espaço de discussão pública e na agenda das instituições internacionais.

Com efeito, entre as décadas de 60 e 70 foram dados passos muito importantes na protecção dos animais, designadamente a Declaração Universal dos Direitos do Animal e o estabelecimento das 5 Liberdades Básicas. Estes passos foram determinantes para o aumento da consciência colectiva e individual sobre o valor das vidas não humanas, garantindo, entre outros aspectos, a criação de leis que reconhecem o estatuto jurídico dos animais e que regulam as suas condições de vida, evitando uma exploração totalmente desprovida de ética, que não se coaduna com a nossa evolução de consciência.

Pese embora a Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino (AEPGA), o Santuário Animal Vida Boa (SAVB) e o Centro de Acolhimento do Burro (CAB), tenham missões distintas, estas três ONG’s partilham valores comuns, realizando acções prácticas que garantem vidas dignas, respeitadas e livres de sofrimento aos animais que têm ao seu cuidado. O vídeo que partilhamos convosco é fruto desta colaboração e explora as 5 liberdades básicas enquanto ferramenta de sensibilização dos mais novos.

Conscientes de que o tempo que nos coube viver é profundamente polarizado, não nos esqueçamos que além do valor intrínseco de cada vida animal, eles contribuem de forma decisiva para a saúde física e mental de uma grande parte da população mais vulnerável. A causa animal é, pois, bastante humana, uma causa em que todos saímos a ganhar.

Sabemos que, em Portugal, ainda há um longo caminho a percorrer no que diz respeito aos direitos dos animais. Mas acreditamos que é com a educação dos mais novos que vamos conseguir mudar as mentalidades dos mais velhos. A educação pressupõe uma passagem de conhecimento que só é eficaz quando nos envolvemos emocionalmente com o que estamos a aprender. E, como tal, temos a certeza que este vídeo será uma ferramenta poderosa para alcançar o objectivo de sermos uma sociedade que se preocupa com o bem-estar dos animais, respeitando-os e protegendo-os activamente.

Ajuda-nos a levar a cabo esta nossa missão. Torna-te parte integrante da solução, partilhando o vídeo com os teus amigos e professores. Vê o vídeo em família e usa-o para debatarem o bem-estar animal. Reflitam em conjunto sobre as práticas adoptadas actualmente na relação com os animais e em como as podemos mudar para as tornar mais justas e respeitadoras.

Os animais, sejam eles de companhia ou de trabalho, merecem a nossa atenção.